PDF Versão para impressão

Certificação de Motoristas

 

Para o exercício da profissão de motorista de determinados veículos pesados de transporte rodoviário de mercadorias, para além da carta de condução, é obrigatória a carta de qualificação (CQM), a qual é emitida mediante a apresentação do certificado de aptidão para motorista (CAM).

Desde Maio de 2015, que o ITAP - PRODESO está licenciado como Entidade Formadora de Motoristas de Veículos Rodoviários de Mercadorias e de Passageiros (Alvará nº6/2015) e desde outubro de 2016 como Centro de Formação.

Neste momento temos cursos Homologados de formação contínua para motoristas de veículos pesados de mercadorias e pesados de passageiros.

Em parceria com os SMTUC, dispomos de um simulador de condução de alta qualidade.

 

 

Requisitos (informação retirada do site IMT)

 

Condições necessárias para a obtenção do CAM:

 

Se o motorista tiver obtido a sua carta de condução após 9 de Setembro de 2008 (de autocarro) ou 9 de Setembro de 2009 (de veículos de mercadorias), o CAM é obtido na hora e no local de um exame, após a sua conclusão com sucesso. Para este exame é obrigatória a frequência de curso de formação inicial, com aproveitamento.

 

Se o motorista tiver obtido a sua carta de condução antes de 9 de Setembro de 2008 (de autocarro) ou de 9 de Setembro de 2009 (de veículos de mercadorias) o CAM é obtido mediante formação contínua, com aproveitamento.

 

NOTA: Na reunião do comité da Diretiva 2003/59/EC sobre certificação de motoristas de veículos pesados, de 27 de maio de 2009, foi acordado o reconhecimento mútuo nas fases transitórias acordadas pelos Estados-Membros. Assim, até 2015, para os veículos da categoria D, e até 2016, para os veículos da categoria C, nenhum Estado-Membro pode penalizar os motoristas de outro Estado-membro que por força das suas normas nacionais ainda não sejam obrigados a possuir o Certificado de Aptidão para Motorista (CAM) e respetiva Carta de Qualificação de Motorista (CQM).

 

O CAM e a CQM têm a validade de cinco anos, renovável.

 

A formação é obrigatória e integra as seguintes modalidades:

 

   a) Qualificação inicial comum (FIC), com a duração mínima de 280 horas;

 

   b) Qualificação inicial acelerada (FIA), com a duração mínima de 140 horas;

 

   c) Formação contínua, com a duração mínima de 35 horas.

 

A formação contínua é obrigatória de 5 em 5 anos e permite:

 

   a) A renovação do CAM;

 

   b) A primeira obtenção do CAM, no caso de titulares de carta de condução das categorias D, D+E e subcategorias D1, D1+E, emitidas até 9 de Setembro de 2008, e titulares de carta de condução das categorias C, C+E e subcategorias C1, C1+E, emitidas até 9 de Setembro de 2009.

 

 

Para mais informações entre contacto pelo telf: 239708781 ou Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

 

Logo.1 ITAP PNG ministerio educacao     POCH PT2020 FSE Bom-1 barra

 

Apoios: